ASPIRAÇÃO DE CORPO ESTRANHO

Aspiração de corpo estranho: como ela é? O que deve ser feito?

O que é a aspiração de corpo estranho?

A aspiração de objetos estranhos ou a chamada aspiração de corpo estranho é a introdução, quase sempre involuntária, para a árvore respiratória de um objeto ou partes dele. A grande maioria das vítimas são crianças.



Quais são as causas da aspiração de corpo estranho?

A maioria dos casos de aspiração de objetos estranhos para as vias respiratórias acontece em crianças pequenas que têm o hábito de levar à boca ou introduzir pelo nariz brinquedos e outros objetos. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, mais de 94% dos casos ocorre antes dos sete anos de idade. Frequentemente isto ocorre quando a criança está brincando com um objeto na boca, habitualmente peças pequenas de brinquedos. Os grãos também são comumente aspirados. Isso pode ocorrer enquanto a criança esteja comendo grãos, porque a criança pequena ainda não tritura bem os alimentos e não tem um bom controle da sinergia inspiração/deglutição. Pode acontecer também em indivíduos adultos, de forma acidental.



Quais são os principais sinais e sintomas da aspiração de corpo estranho?

Seguindo à aspiração de um objeto estranho, ocorre acesso de tosse, quadro súbito de chiado no peito, tosse persistente, falta de ar súbita, rouquidão e lábios e unhas arroxeados. Em crianças pequenas, a maior suspeita de que o acidente ocorreu é a situação de engasgo. Se a obstrução for completa e durar mais de três minutos, leva ao coma e à morte. Se não chegar a obstruir totalmente as vias respiratórias, mas dificultar a entrada de ar nos pulmões, a aspiração causará grande ansiedade, agitação e ânsia respiratória. À ausculta pulmonar será possível ouvir alguns sons estranhos. Se a obstrução for total, não haverá qualquer som e as extremidades e os lábios estarão arroxeados.



Como tratar a aspiração de corpo estranho?

A retirada de um corpo estranho da árvore respiratória pode se constituir numa emergência médica. Muitas vezes as primeiras providências têm de ser tomadas por um leigo. Nessas situações, o mais importante é manter a calma. Nas situações que exigem uma intervenção imediata, deve-se adotar comportamentos diferentes, quer se trate de um bebê ou de um adulto.



Se o paciente for um bebê:

  • Deite-o sobre seus braços cruzados à frente do corpo ou assente-se e ponha a vítima sobre seus joelhos, de barriga para baixo e com a cabeça mais baixa que o corpo e dê alguns tapinhas sobre as costas dele, de modo a não machucá-lo mas de maneira vigorosa o bastante para produzir efeito.
  • Em seguida, deite-o sobre os braços cruzados na mesma posição ou sobre seus joelhos, de barriga para cima, com a cabeça mais baixa que o corpo e faça compressões torácicas forçando a expiração.
  • Só procure retirar o objeto aspirado se você estiver vendo-o e ele for de fácil remoção. Do contrário, você pode estar empurrando ele mais para baixo e piorando a situação.
  • Não coloque a vítima de cabeça para baixo porque isso pode provocar vômito e piorar a situação.



Se o paciente for um adulto:

  • Se possível, espere a vítima tossir, porque a própria pressão do ar liberado com a tosse pode fazê-la expelir o objeto aspirado.
  • Coloque a pessoa de costas para você e enlace-a passando seus braços, na altura do abdome dela e alterne uma firme pressão com um relaxamento. A saída brusca de ar assim produzida pode remover o objeto.
  • Se o objeto obstrutivo estiver preso no nariz, peça a vítima para inspirar pela boca e expirar fortemente pelo nariz.
  • Se nada disso resolver, provoque vômitos, colocando a mão na garganta da vítima.
  • Se o objeto for pontiagudo não faça nada e procure socorro médico.
  • Se a obstrução for parcial, o melhor procedimento é a não intervenção no ambiente doméstico. Em muitos casos o objeto poderá ser retirado por endoscopia, mas alguns casos demandam cirurgia.



Como evolui a aspiração de corpo estranho?

asfixia causada pela aspiração de objetos estranhos com privação significativa de oxigênio cerebral pode levar a sequelas neurológicas importantes e graves e, em casos extremos, à morte.



Como evitar a aspiração de corpo estranho?

A aspiração de corpo estranho pode ser evitada não deixando as crianças levarem objetos pequenos à boca. Deve-se também estar atento aos brinquedos pequenos ou que possuam peças pequenas, destacáveis, e também às moedas. É preciso mantê-los fora do alcance de crianças pequenas, principalmente até os três anos de idade.

Se a criança estiver com um objeto na boca que você queira tirar, evite assustá-la ou fazê-la rir ou chorar, porque essas situações implicam numa inspiração mais vigorosa que pode facilitar a aspiração do objeto. Distraia esta criança com outro brinquedo e depois tire o objeto da boca dela, com cuidado.




Fonte: <http://www.abc.med.br/p/saude-da-crianca/565097/aspiracao-de-corpo-estranho-como-ela-e-o-que-deve-ser-feito.htm>